Stress moderado activa a memória e estado de alerta - em https://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=57540&op=all

29-04-2013 18:21

Situações de ansiedade podem ser benéficas para o cérebro

2013-04-24

 

Ansiedade pode aumentar produção de novos neurónios (Imagem: lifesciencedb)
Ansiedade pode aumentar produção de novos neurónios (Imagem: lifesciencedb)

Segundo uma investigação da Universidade da Califórnia – Berkeley (EUA), publicado esta semana no jornal «eLife», situações pontuais que provoquem ansiedade podem ser benéficas para o cérebro, já que pode aumentar a produção de novos neurónios, sobretudo na região do hipocampo.

Para o estudo, a equipa submeteu ratos a choques nas patas, imobilizações durante três dias e a exposições a ambientes estranhos. Os resultados mostraram que os animais apresentaram um aumento da taxa de uma hormona semelhante ao cortisol (envolvido na resposta ao stresse).

Semanas depois, o grupo de cientistas percebeu que também ocorreu um aumento na activação de neurónios recém-nascidos relacionados com a memória.
A líder do estudo, Daniela Kaufer, referiu que determinadas quantidades de stresse podem ser úteis para elevar o estado de alerta e o desempenho cognitivo e comportamental. “O stresse é um grande mediador, para além de essencial, no comportamento dos mamíferos. A resposta adequada a um estressor percebido facilita a sobrevivência (...) e a propagação da espécie”, lê-se no artigo.

Contudo, os investigadores relembram que em excesso, elevados níveis de ansiedade são negativos e elevam o risco de doenças cardiovasculares, depressão, obesidade e supressão da formação de novos neurónios.

Noticia transcrita do Jornal de Ciência, Tecnologia e Empreendedorismo: https://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=57540&op=all em 29/04/2013